Monday, August 14, 2006

CLARA PETICOV DORNELES


CLARA

Brancura de lírio...
Eu vi você no sonho e era assim
Seus dedos finos e longos de pianista
seu nariz e boca do pai, avô e bisavô: todos os Miguéis e Tio-Migas...
Sua pele branca
Branca
Branca
Sua tez branca de sua mãe judia não-ortodoxa. Dhimmi,
Seus cabelos encoracolados dos mulatos Dorneles

Clara! Te vi assim
Nascendo com luz nesse mundo mágico e assombroso em que vivemos
De guerras, aculturação, falsas ideologias, e culturas interneticas fakes.

Cada criança que vem ao mundo
Ignora por completo as mentiras que os homens inventam a respeito de tudo e sabem que o mundo não é só isso que se vê
Cada criança que nasce me suscita isso:
Revolucao
Um ser, uma flor que brota no asfalto
Tentando
Se movimentando pra mudar o mundo,
Parar o mundo.
Não que eu não tente a Revolução e queira te passar essa função, Clara
Sei que podem sempre nos chamar de Quixotes magistrais
Mas te vejo nascendo
Como uma aliada, Clara
Nessa guerra não-declarada
Nessa ditadura não-declarada, nessa ditadura cor de rosa...
Te vejo como cúmplice, Clara, porque te amo.
Eu te aguardo com pressa de libriano, pensando,
Que mistérios terá Clara?

“ ...uma só lua se reflete em todas as águas
e todas as luas refletidas nas águas
se originam de uma só Lua...”
Yoko Daishi

Clara Peticov Dorneles nasceu dia 21 de outubro as 11.39 com nota 9 e confirmou o meu sonho

7 comments:

miwky said...

eu te amo, originalmente!

Bjorn said...

Tio Bybico!!!
Fomos no Arco Iris te procurar e vc não estava!!!
Estou com saudades!!!
Volte logo!!!!
Beijos,
Bybica

Byra Dorneles said...

yeaaahhhh

Rosa de Saron said...

bYRA AMEI VC.SEU BLOG É MUITO LEGAL, NÃO DEIXA DE SER UM CONFISSIONARIO, TAMBÉM.
ABRAÇOS.

Morena... said...

pequena Clara...feita de sonhos e algodão doce
Um anjo em meio às confusões do dia e as loucuras a noite.
Que os anjos tragam como oferendas à jovem princesa: luz, para guira seus passos; força, para não ceder diante dos demônios; coragem, para seguir por todos os caminhos e alegria, para encantar a todos como encantou você, Byra.
Um grande beijo pro pequeno anjo!

devaneios e vertigens said...

e viva a clara...

miwky said...

parabéns, byra!

OUÇA A PALAVRA ELÉTRICA VOL.1