Saturday, September 26, 2009

Raul Seixas-o cachorro-urubu- vai morrer!!!


Raul Seixas-o cachorro-urubu- vai morrer!!!


Todo jornal que eu leio, me diz que a gente já era, que já não é mais primavera,
Oh babe, a gente ainda nem começou!


Acabei de chegar de um show-festa em homenagem a Raul Seixas pela passagem de seus 20 anos, ausente. Raul nunca foi tão presente como nesses anos pós-morte. Eu não me recordo dele em vida, ali no meio dos anos 80 com tanto falatório em torno de sua obra. Me instiga isso. Quando Raul morreu meu filho e minha mulher não tinham nem 10 anos ainda. Meu filho não conta porque ele ouvia John Coltrane, Sonny Rollins, Paul Mc Cartney e Planet Hemp e algo de funk estadunidence que hoje, eu acho que não tinha preparação didática pra entender aquele inferno.
Jáa minha mulher é retrô por nascença. Conhece mais a musica dos anos 60 do que eu que vivi e ouvi, próximo, Crosby, Still, Nash e Young e Buffallo Springfield. Então eu entendo porque ela passou a ouvir a velharia dos 60 após se deparar com Nirvana e se perguntou de onde vinha todo aquele som.
Eu assisti um show do Raul no meio dos anos 70, acho que Hollywood Rock, no estádio de Remo da lagoa, no Rio, em que ele abriu pro Erasmo e Rita Lee, se não me engano. Ele cantou a metade do show encapuzado, tinha um guitarrista que dirigia com maestria a anarquia alquímica sonora que Raul propunha. Ele fechava o show lendo o manifesto, enorme, da Sociedade Alternativa. Nesse evento ele contava a estória que sempre achei inverossimel de seu encontro com Lennon e Yoko ( com Paulo Coelho) quando fomentavam a criação do pais imaginário, a Nutopia.
Após esse show do Estadio de Remo ele foi levado pro aeroporto, deportado, pela ditadura do Médici. Ele lidava constantemente com essa ameaça da repressao , uma questão de escolha. O cara que não estava acostumado aos códigos pré-estabelecidos. Não se se encaixava em nenhuma forma de organização dentro da MPB standartizada, caricatual ou do Rock B. Ou não. Lógico que seria preterido e ejetado pela clã baiana. ( Vide Sérgio Sampaio)
Novamente- o que me instiga? o que essa geração mais nova procura ou vê em Raul? Uma saída pro marasmo de suas vidas classe media com pão e manteiga?
?Babe, O que houve na França vai mudar nossa dança?
A espera de um mártir (como Cobain e Morrison) que morra sozinho viciado em éter e alcoólatra porque não tinha mais reconhecimento do seu trabalho, tanto pelas gravadoras quanto o seu publico que minguava a todo show? É a eterna espera de um avatar, de um salvador, enquanto todos ficam no poltronismo da TV , dando o valor póstumo ao um cara que morreu sozinho e pobre. Realmente não entendo.
Como disse James Joyce, Raul foi guiado por uma utopia, de esperança,de desespero, comovida, buscando agudamente a transfiguração da linguagem poética, no inicio com Paulo Coelho (sim, o mago!)
Na obsessão com os limites, falando na sua propria lingua -e sendo estrangeiro- que no final os homens dilaceraram porque era inempregável , excluído e sem préstimo ao estado global (da globo) ou a sociedade?

Preste atenção, e dê o devido valor ao cara enquanto vivo, porque Raul vai morrer!!!!

ps: pra Georgete e Raul Miguel, o filho que teremos.

4 comments:

Michelle - Pernambuco said...

Muito bom seu texto, espero que Raul não se vá! Viva Raul!!!!

Imprima Se said...

Cara O Que Falar De Raul Seixas O Cara Simplesmente Traduziu O Brasil Em Suas Letras Não Só O Brasil Como O Mundo Todo, Mas Como Todo Bom Bahiano Traduziu De Uma Maneira Marota Como Transcender Certas Amarras Prescritas Ou Pós-Cristo Que Sempre Nos Imposeram.

Raul Seixas É O Mais Careta Em Toda Essa Doidera Musical E Não Me Refiro A Caretice Como Um Chato Ou Pela Saco Como Muitos Outros Caretas Bahianos Tropicaram Na Tropicália, Nem No Sentido De Careta Que Geralmente Se Opõe Ao Drogado, Mas Raul Fui O Careta No Sentido Sóbrio Da Consciêcia Sendo Que Ele Transcendeu A Si Mesmo, E Todo O Quê O Envolvia E Envolve Mesmo Pós Morte.
O Verdadeiro Maluco Beleza Era O Condutor Do Novo Aeon E Sociedade Alternativa, Raul É A Prova Que:

Sonho Que Se Sonha Só É Só Um Sonho Que Se Sonha Só, Mas Sonho Que Se Sonha Junto É Realidade.

Por Isso Viva A Sociedade Alternativa E Imprima - Se.

Viva a Sociedade Alternativa, a lei do forte, essa é a nossa lei, alegria do mundo, faz o que tú queres faz o que é tudo da lei. Todo homem e toda mulher é uma estrela, não existe Deus se não o próprio homem, o homem tem o diretio de viver pela sua própria lei. De viver da maneira que ele quiser, de trabalhar como ele quiser, de gritar como ele quiser, de descansar como ele quiser, de morrer como ele quiser. O homem tem o direito de comer o que ele quiser, de beber, de fumar o que ele quiser, o homen tem o direito de morrer da maneira que ele quiser, o homem tem o direito de pensar no que ele quiser, de falar no que ele quiser, de escrever o que ele quiser, desenhar, pintar, esculpir, gravar, contar, construir, destruir. O homem tem o direito de amar, como e com quem ele quiser, o amor é a lei, o amor sobre a vontade viva!
Refrão
Viva, viva, viva a Sociedade Alternativa.

Por: Imprima-Se No 02/10/2009 Ás 17:11 De Uma Tarde Ensolarada Em São Paulo.

Susyanne Alves said...

Olá Byra!
Não posso falar pelos outros, mas adoro Raul.
Tenho 25 anos e desde a infância a metamorfose ambulante dele me intirgou.
Mais do que isso me fisgou.
Adoro suas letras.
Sou totalmente literária e acho que é por isso que me dei com a obra de Raul.

Beijíssimo

Byra Dorneles said...

é isso, a obra leteraria dele com ou sem paulo coelho é foda
bjao

OUÇA A PALAVRA ELÉTRICA VOL.1